Frete Rápido SP RJ PR SCCompre Aqui Retire na LojaPrimeira troca grátisSapatos exclusivos feitos à mão.

NOSSA FÁBRICA

O Pacco faz sapatos de forma artesanal, como era feito aqui no Brasil em décadas passadas e que costumam ainda serem feitos na Europa, em países como a Inglaterra, Itália, Espanha, etc.

Sapatos Masculinos na forma

O Pacco, possui funcionários de altíssimo nível que são responsáveis por cada etapa da fabricação de um sapato, muitos desses funcionários estão conosco há mais de 20 anos.

Os sapatos produzidos pela equipe do Pacco demoram em média para ficarem prontos 20 dias, esse tempo é necessário pois temos que respeitar as várias etapas do processo de fabricação e secagem necessárias. As etapas vão desde a seleção do material a ser produzido até o acabamento final.

A fabricação de um sapato começa a partir da seleção do couro (Etapa 1), este couro é entregue ao Cortador (Etapa 2), que corta o molde do modelo, essa etapa é primordial, pois esse material selecionado não poderá ter nenhum defeito como: rugas, estrias, riscos para que o sapato possa sair 100% na etapa final. Essa etapa é 100% manual.

A Etapa 3 (Pesponto ou Costura) é uma das mais importantes, cabe ao Pespontador um dos acabamentos importantes do sapato, que é a sua costura. Este profissional é o responsável final pelo acabamento primoroso do sapato, a costura representa quase 90% do visual que o cliente tem a primeira impressão do sapato, além da costura o Pespontador fica responsável em fazer os detalhes do sapato, furos (modelos estilo inglês), no Pesponto 50% dessa etapa é manual, o restante é máquina.

A Etapa 4 é a preparação do sapato, ou seja, o Preparador recebe o sapato já totalmente costurado do Pespontador e selecionar a fôrma (bico do sapato) que será feito o modelo e a separação dos aviamentos (itens de fabricação do sapato, tais como, palmilha dianteira, calcanheira, solado, contraforte, etc.), é uma etapa 100% manual.

A Etapa 5, é a montagem", o Montador recebe do Preparador, o sapato costurado, a fôrma e os aviamentos necessários para que esse possa começar a dar a forma a esse sapato. A montagem é muito importante, pois além de responsável pela beleza do bico do sapato, é de fundamental importância a colocação da estrutura, que tem itens como: contraforte, que não vai deixar o calcanhar do sapato quebrar, a couraça que é um revestimento de couro no bico do sapato responsável por não "afundar" o bico do sapato, etc. Esta etapa 100% manual.

Sapato Masculino sendo cortadoO Mocassim Estilo Argentino, tem uma etapa complementar que é a colocação da pala do sapato, além de montar o corte do sapato sobre a fôrma, tem que colocar e costurar manualmente a pala do sapato para que fique alinhada sobre a fôrma, é uma das etapas mais difíceis do sapato e com mão de obra rara, é uma etapa 100% artesanal.

A Etapa 6, é a colocação de sola, o Colocador de Sola recebe do Montador, o sapato devidamente estruturado já com as palmilhas, contraforte, etc. Cabe a ele em primeiro lugar, caso a tenha, a colocação da vira (borda lateral do sapato) e a colocação da sola e salto, seja o solado for em couro ou em borracha, nessa etapa da colocação do solado, temos o Blaque, um dos mais importantes que é o responsável em costurar a sola junto com a palmilha, cuja finalidade é evitar que o sapato se descole, muitos fábricas de sapatos hoje no Brasil pulam essa etapa, deixando que o solado dos sapatos sejam apenas colados e não costurados, a etapa do Blaque é feito 100% em uma máquina, após a costura do solado, o sapato volta para o Colocador de Sola que dará a finalização da sola e do sapato, a etapa da colocação de sola é 80% manual.

A Etapa 7, é o acabamento do solado, o Acabador é o responsável em lixar o salto e a sola, igualando as possíveis imperfeições do solado e do salto e dando o acabamento final do solado passando as tintas, os produtos adequados e o polimento, que dão o visual final ao solado do sapato, essa etapa é 50% artesanal.

A Etapa 8, é o Pranchamento, uma denominação esquisita, que nada mais é o responsável pelo acabamento final do sapato, seu trabalho consiste em corrigir possíveis riscos leves no couro, sujeira de cola e finalmente polir o sapato para que esse possa ser entregue com acabamento 100% ao cliente ou ao vendedor.

Essas são as etapas primordiais do sapato, passam em várias mãos até chegar a caixa, dentro dessas etapas são respeitados os processos de secagem do sapato, ou seja, de uma função para a outra, tem alguns intervalos de um dia sem ninguém tocar no sapato, para que a secagem deixo o sapato com mais qualidade.

Temos muito orgulho de ter uma produção de sapatos artesanais aqui no Brasil como era há décadas, infelizmente nesse país, nos últimos anos temos várias dificuldades de manter a mesma qualidade, pois o curtimento do couro no Brasil caiu muito a qualidade e mão de obra é cada vez mais escassa e não tem renovação. O desafio é diário!

 

Aguarde...

ou
ou